28 outubro 2014

Câncer de Mama! #OutubroRosa

Olá meninas! Como vocês estão?
Já fiz looks do dia e unhas da semana com o tema de "Outubro Rosa", mas não cheguei a falar muito sobre isso, pois não sou muito boa em explicar algumas coisas e também não sei sobre termos médicos e nem tinha lido muito a fundo sobre o assunto.
Sei que muitas de vocês também não devem ter lido muito a fundo sobre o assunto, sempre são termos médicos muito confusos e difíceis de entender. Então eu decidi vir aqui hoje falar sobre dicas e algumas curiosidades sobre o tão falado e perigoso Câncer de Mama!

Uma pesquisa feita pela revista Health com cerca de 700 leitores e mais de 1000 ginecologistas obstetras mostrou que o câncer de mama está cercado de mitos.

Mais de 60% das mulheres acreditam que o histórico familiar é o maior fator de risco para o câncer de mama. Mas o que a grande maioria não sabe é que o câncer de mama não precisa, necessariamente, de um histórico familiar. E sim que o maior fator de risco é a idade! Conforme vão envelhecendo, os tecidos acompanham o processo natural, assim havendo um risco maior de desenvolver o câncer. Mas isso também não quer dizer que ele possa atingir mulheres mais novas.

40% das mulheres dizem que o câncer de mama é o que mais as preocupa. O câncer de mama é tratável se detectado precocemente (por isso deve-se fazer exames periódicos). O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, mas é responsável por menos mortes do que o de pulmão. Isso porque o câncer de mama tende a ser detectado em estágios mais iniciais e mais fáceis de tratar, diferentemente do câncer de pulmão ou de ovário.

Estar acima do peso aumenta suas chances de ter câncer de mama em mais de 40%.
Mulheres que ganharam de 9 a 13 kg após os 18 anos têm maior risco de desenvolver câncer de mama após a menopausa.

A mamografia é a forma principal de se detectar o câncer de mama precocemente. 
O autoexame mensal é mais para saber como seus seios aparentam e senti-los, para que, caso note qualquer inchaço ou caroço, você possa procurar um médico e assim diagnosticar com mais precisão.
É bom lembrar também, que após os 40 anos é necessário fazer a mamografia anualmente.

Dados: Revista Health e Você Sabia?

Espero que vocês tenham gostado dessas dicas e curiosidades sobre o câncer de mama.
Se cuidem!
Muitos beijos e até mais :D
Postar um comentário